Monday, October 31, 2005

Motivo da rosa





Não te aflijas com a pétala que voa:
também é ser, deixar de ser assim.


Rosas verá, só de cinzas franzida,
mortas, intactas pelo teu jardim.


Eu deixo aroma até nos meus espinhos
ao longe, o vento vai falando de mim.


E por perder-me é que vão me lembrando,
por desfolhar-me é que não tenho fim.



Timidez

Basta-me um pequeno gesto,
feito de longe e de leve,
para que venhas comigo
e eu para sempre te leve...


— mas só esse eu não farei.


Uma palavra caída
das montanhas dos instantes
desmancha todos os mares
e une as terras mais distantes...


— palavra que não direi.


Para que tu me adivinhes,
entre os ventos taciturnos,
apago meus pensamentos,
ponho vestidos noturnos,


— que amargamente inventei.


E, enquanto não me descobres,
os mundos vão navegando
nos ares certos do tempo,
até não se sabe quando...


— e um dia me acabarei.

1 comment:

weblogz said...

Vespa Queens Looks For Queens in Vespa Ad
The Bitchless blog has pointed out that, leveraging its Queens, NY location to reach the gay audience, Vespa Queens has placed an ad in gay newspaper New York Blade .
Just like so many Americans my friend loves the clubs and hip hop lyrics so he went ahead and built an awesome website about hip hop lyrics. When he's in high spirit he goes to the site and start reciting all his favorite hip hop lyrics. Says it's good for the heart. Guess what? I gave it a shot and it works great!